Movimento da Fertilidade defende acesso gratuito à reprodução assistida na rede pública

11 de junho de 2018

Conscientizar jovens em idade reprodutiva, dos 20 aos 35 anos, sobre a importância de preservar a fertilidade natural e as limitações do ciclo reprodutivo. Esses são os objetivos do Movimento da Fertilidade –  que será realizado entre os meses junho a agosto em dez cidades brasileiras. A iniciativa da Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida (SBRA) pretende dialogar com a população sobre os cuidados necessários para quem deseja ter filhos, além de fazer um apelo às autoridades locais para que a população tenha acesso gratuito, via Sistema Único de Saúde (SUS), aos tratamentos reprodutivos.

“O acesso à reprodução assistida na rede pública é um direito a todos – cenário que está longe da realidade porque o tratamento tem um custo elevado, limitado às classes sociais. Nesse sentido, um dos intuitos do Movimento da Fertilidade é dar visibilidade para esse assunto para que o a rede pública oferte o serviço gratuitamente à população”, afirma a presidente da SBRA, Hitomi Nakagawa.

Os participantes do Movimento da Fertilidade terão a oportunidade de esclarecer, junto a renomados especialistas durante o evento, os mitos e preconceitos com relação à fertilidade e infertilidade baseados em conceitos cientificamente comprovados. As cidades participantes são Recife (PE), Fortaleza (CE) , Salvador (BA), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), Goiânia (GO) e Brasília (DF).

Em cada local, atividades físicas em parques públicos e praias vão movimentar centenas de pessoas de 20 a 35 anos, que representam hoje cerca de 25% da população do país, para levar até elas informações em saúde numa manhã dedicada a atividades físicas esportivas e recreativas, bate-papo com especialistas, orientação nutricional, entre outras.

CONTEXTO – A decisão de ter um filho tem sido tomada cada vez mais tarde. As gestações entre 30 e 39 anos aumentaram de 22,5% para 30,8%, segundo o IBGE. “Uma parcela da população que opta por adiar a gravidez ainda desconhece as chances do resultado ser bem sucedido. Queremos propagar essa mensagem porque a idade é um fator determinante para a fertilidade. Ao longo da vida, os óvulos envelhecem e a produção de espermatozoides perde qualidade. Todo esse processo demanda um planejamento prévio”, explica a presidente da SBRA, Hitomi Nakagawa.

AÇÕES – O Movimento da Fertilidade vai realizar troca de ideias presenciais com médicos especialistas e instituições parceiras locais para discutir a preservação da fertilidade junto ao público-alvo, recolhimento de pilhas e baterias em caixas ecológicas e ação junto ao sistema de limpeza urbana local para reciclagem do lixo produzido durante o evento. Estão previstas também ações voltadas para saúde como atividades esportivas e recreativas, orientação nutricional e quick massagem.A inscrição será um pacote de fraldas para doação a entidades de acolhimento a mães e bebês.

INFERTILIDADE – A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera infértil um casal que mantém relações sexuais sem métodos contraceptivos durante 12 meses sem engravidar. Segundo a OMS, há mais de 50 milhões de pessoas no mundo nessa condição sendo que 8 milhões de brasileiros podem ser inférteis. “Por isso, queremos estimular as pessoas uma consciência sobre o tema e sobre a importância de adotar hábitos saudáveis de vida e uma rotina de acompanhamento médico frequente”, afirma Nakagawa.

Serviço:
Movimento da Fertilidade

Data: 16 de junho de 2018
Cidades: Fortaleza | Salvador | Recife
Horário: 8h às 11h
Local: Avenida Beira Mar (em frente Jardim Japonês)  (Fortaleza)
Praia de Piatã – altura da praça Piatã (Salvador)
R. Jorge Gomes de Sá – Parque Santana – Ariano Suassuna – (Recife)

Inscrição solidária: Será realizada no ato do evento, mediante a doação de um pacote de fraldas. As primeiras 200 pessoas ganharão um kit de camiseta + viseira.

Data: 21 de julho de 2018
Cidades: Belo Horizonte | Rio de Janeiro | São Paulo
Horário: 8h às 11h
Local previsto: à definir
Inscrição solidária: Será realizada no ato do evento, mediante a doação de um pacote de fraldas.. As primeiras 200 pessoas ganharão um kit de camiseta + viseira.

Data:  28 de julho de 2018
Cidades: Goiânia | Curitiba | Porto Alegre
Horário: 8h às 11h
Local previsto:  à definir
Inscrição solidária: Será realizada no ato do evento, mediante a doação de um pacote de fraldas.. As primeiras 200 pessoas ganharão um kit de camiseta + viseira.

Data:  04 de agosto de 2018
Cidades: Brasília
Horário: 8h às 11h
Local previsto:  à definir
Inscrição solidária: Será realizada no ato do evento, mediante a doação de um pacote de fraldas.. As primeiras 200 pessoas ganharão um kit de camiseta + viseira.

Programação

Treinamento funcional
Zumba
Treinamento de corrida
Jogos desportivos recreativos
Quick massage

Assessoria de Imprensa – Coletivo Conversa

Deborah de Salles
(61) 9 9109.6091
[email protected]

Bruno Aguiar
(61) 9 8195.9402
[email protected]

Fale Conosco

Preencha seus dados




Secretaria Executiva | SBRA
SCES Trecho 3, Conjunto 6, Sala 209 | Associação Médica de Brasília | Asa Sul, Brasília-DF – CEP: 70200-003
Telefone: (61) 3225-0019
Celular: (61) 9.8419.0385
E-mail: [email protected]