Avanços da reprodução assistida serão tema de congresso em Curitiba

28 de fevereiro de 2019

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 50 milhões de pessoas no mundo sofrem com a infertilidade, ou seja, quando um casal mantém relações sem métodos contraceptivos durante 12 meses, sem sucesso na gravidez. No Brasil, o número pode chegar a 8 milhões.

Para debater os avanços na área e discutir alternativas viáveis para pessoas que querem ter filhos, a Comissão Científica da Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida (SBRA) realizará em Curitiba, de 31 de julho a 3 de agosto, no ExpoUnimed, o XXIII Congresso Brasileiro de Reprodução Assistida (CBRA). O evento multidisciplinar espera reunir cerca de 800 profissionais, entre médicos, embriologistas, enfermeiros, psicólogos, biólogos, especialistas em reprodução humana, áreas afins, como ginecologistas, urologistas, mastologistas, oncologistas, além de gestores de clínicas.

Com a máxima “Plantando sementes, gerando vidas”, o slogan do Congresso faz uma analogia com a ação da gralha azul (ave símbolo do Paraná), que, com o seu hábito de enterrar pinhões, forma novas árvores e florestas, processo semelhante ao desempenhado pelos profissionais da reprodução assistida, ajudando na geração de novas vidas. A 23ª edição do CBRA abordará temas importantes como o congelamento de óvulos, embriões, tecido ovariano, gravidez tardia (depois dos 40 anos), indução de ovulação e oncofertilidade (quando as mulheres colhem óvulos e ovário para o congelamento prévio antes de tratamentos de câncer), entre outros.

Na ocasião, ainda haverá a apresentação de trabalhos nacionais e internacionais sobre o tema, ampliando os espaços de discussão e proporcionando trocas de experiências entre os presentes. O prazo para submissão de resumos e trabalhos completos vai até 01 de junho.

Reprodução assistida no Brasil

A idade é um fator determinante para a fertilidade da mulher e do homem, pois ao longo da vida os óvulos envelhecem e a produção de espermatozoides perde qualidade. Devido a mudanças sociais e comportamentais, a decisão sobre ter um filho tem sido tomada cada vez mais tarde no Brasil e no mundo. Por conta da maior participação da mulher no mercado de trabalho, por exemplo, o conflito entre vida profissional e o desejo da maternidade tem sido cada vez mais frequente. É possível ver traços dessa tendência em um estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com recorte de 2005 a 2015. No relatório, observou-se que o número de mães com idade entre 30 e 39 anos cresceu mais de 8% no período, de 22,5% em 2005 para 30,8% em 2015.

A reprodução assistida consiste em um conjunto de procedimentos médicos que visam auxiliar nos complexos processos de gravidez, incluindo os casos de infertilidade, esterilidade ou doenças hereditárias. A técnica também pode viabilizar novas formas de parentalidade, como casais homossexuais que desejam ter filhos. Entre os métodos mais conhecidos de reprodução assistida, destacam-se a inseminação artificial, a fertilização in vitro e a doação/ recepção de óvulos/espermatozóides, técnicas indicadas de acordo com a avaliação personalizada de cada caso.

Dados divulgados recentemente pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) evidenciam a procura cada vez maior pelos métodos de reprodução assistida. No último mês de dezembro, um estudo da agência revelou que a importação de sêmen para o tratamento de reprodução assistida cresceu 97% em 2017 com relação a 2016, um recorde no país. Segundo a Anvisa, o número de ciclos de fertilização in vitro também cresceu de forma consistente no país nos últimos anos: 168,4% entre 2011 a 2017.

Mais informações sobre o evento podem ser obtidas no site: http://sbracongressos.com.br

Serviço: XXIII Congresso Brasileiro de Reprodução Assistida
Data: 31.07 a 03.08
Local: Expo Unimed Curitiba (R. Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 – Campo Comprido, Curitiba – PR)
Mais informações: (41) 3521-6226 / (41) 99674-8326 ou contato@markmesse.com.br
Realização: Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida (SBRA)
Organização: Mark Messe Congressos

Fale Conosco

Preencha seus dados




Secretaria Executiva | SBRA
SCES Trecho 3, Conjunto 6, Sala 209 | Associação Médica de Brasília | Asa Sul, Brasília-DF – CEP: 70200-003
Telefone: (61) 3225-0019
Celular: (61) 9.8419.0385
E-mail: presidenciasbra@gmail.com