Movimento da Fertilidade

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, a infertilidade afeta de 50 a 80 milhões de pessoas em todo o mundo e, no Brasil, cerca de 8 milhões de indivíduos podem ser inférteis. A idade é um fator determinante para isso, já que os óvulos envelhecem e a produção de espermatozoides perde qualidade com o passar dos anos.

A idade é um fator determinante porque, ao longo da vida, os óvulos envelhecem, no caso da mulher, e a produção de espermatozoides perde qualidade, no caso dos homens, especialmente devido ao estilo de vida adotado.

Fertilidade na mulher

À medida que a mulher envelhece, fica mais difícil conseguir engravidar:

– A reserva ovariana diminui, assim como a qualidade dos óvulos.
– O endométrio fica mais fino, dificultando a implantação do embrião.
– Os ciclos menstruais tornam-se irregulares e mais curtos, prejudicando a fertilização.

Fertilidade nos homens

Estudos associam uma possível perda da qualidade do esperma a:

– Danos ao DNA espermático.
– Infecções adquiridas.
– Exposição a agentes poluentes.
– Alterações hormonais.

Com base dos dados científicos relacionados ao aumento da infertilidade com o envelhecimento do corpo, a SBRA criou, em 2016, a campanha “Fertilidade em Foco”. De lá para cá, realizamos ações como a “Gravidez em Tempo de Zika” (2016/2017), por meio da qual levamos informações confiáveis sobre o grave problema que chegava ao Brasil e suas consequências para a reprodução humana.

Ainda em 2017, iniciamos uma nova fase da campanha com o mote “Fertilidade. O tempo não para” (2017/2018), cujo objetivo central era fazer com que homens e mulheres conhecessem as causas da infertilidade, ficassem atentos à necessidade de preservar sua fertilidade e adotassem hábitos saudáveis de vida e rotinas de acompanhamento médico mais frequentes.

Em 2018, decidimos que era preciso fazer mais para mobilizar população e conscientizá-la sobre o que ocorre com a capacidade reprodutiva ao longo da vida. Foi aí que criamos o MOVIMENTO DA FERTILIDADE, que levou a 10 capitais brasileiras a prática de atividades físicas e recreativas, aproximando os profissionais da reprodução assistida da comunidade.

No primeiro ano, com o apoio da Ferring Pharmaceuticals, passamos por Recife (PE), Fortaleza (CE), Salvador (BA), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), Goiânia (GO) e Brasília (DF) para discutir, informar e estimular a população, especialmente as pessoas entre 20 e 35 anos, a cuidar de sua saúde e preservar sua fertilidade.

 

 

 

ASSISTA AO VÍDEO-RESUMO CLICANDO AQUI.

Também atuamos fortemente nas mídias sociais e junto à imprensa para colocar o tema ma pauta nacional. E conseguimos! Veja alguns dos resultados conquistados:

Apoio da cantora Ivete Sangalo (com mais de 100 mil pessoas alcançadas no Facebook).
– Mais de 2 mil pessoas nos eventos presenciais em 10 capitais.
– Mais de 100 inserções nos principais veículos de comunicação do país, como G1, O Globo, Bom dia Brasil, O Dia, Extra, Jovem Pan e Folha de S. Paulo.
– Mais de R$ 4 milhões em espaços ocupados na imprensa.
15% de crescimento na base de fãs do Facebook e 134% no Instagram em 2 meses.
– Mais de 200 mil pessoas atingidas pelas campanhas digitais.

Em 2019, com o patrocínio da Merck, continuamos levando informação da todos os cantos do país por meio das nossas redes sociais, da participação em eventos sobre reprodução assistida, da produção de conteúdo para o site da SBRA e do intenso trabalho de assessoria de imprensa para manter o tema sempre presente na pauta nacional.

 

 

 

Fale Conosco

Preencha seus dados




Secretaria Executiva | SBRA
SCES Trecho 3, Conjunto 6, Sala 209 | Associação Médica de Brasília | Asa Sul, Brasília-DF – CEP: 70200-003
Telefone: (61) 3225-0019
Celular: (61) 9.8419.0385
E-mail: presidenciasbra@gmail.com