RESOLUÇÃO SBRA nº 1./2017

A SOCIEDADE BRASILEIRA DE REPRODUÇÃO ASSISTIDA, no uso das atribuições conferidas Estatuto Social da SBRA – Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida de 05 de junho de 2.009, e 

CONSIDERANDO a importância das mídias sociais para divulgação de atualidades científicas da área de infertilidade humana como um problema de saúde, com implicações médicas, de enfermagem, biológicas e psicológicas, e a legitimidade do anseio de superá-la;

 

CONSIDERANDO que a divulgação em mídias (incluindo o site da SBRA) permite chegar a população leiga conhecimentos importantes sobre a reprodução humana;

CONSIDERANDO particularmente o artigo 23, línea g que cabe a presidência da entidade “resolver toda e qualquer questão de interesse da Entidade não expressamente previstas nas alíneas anteriores e que não sejam de competência exclusiva da assembléia geral”;

RESOLVE

Art. 1º - Designar os especialistas Roberto de Azevedo Antunes, Carlos Alberto Marcondes, Giuliano Marchetti Bedoschi, Mauricio Barbour Chehin, Marina Wanderley Paes Barbosa Martins e Matheus Roque para, comporem a Comissão de mídias e redes sociais da SBRA, com a finalidade de propor ações em prol da visibilidade da entidade e conhecimento da área de reprodução humana ao público em geral.

Art. 2º As ações propostas e desenvolvidas pela referida comissão estarão subordinadas e somente podem ir “ao ar” após anuência e aprovação da presidência e/ou do primeiro secretário da SBRA.

Art. 3º Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação.

Art. 4º Revogam-se as disposições ao contrário, particularmente a Resolução SBRA nº 2./2016.

BRASÍLIA, 15 de janeiro de 2017.

Please publish modules in offcanvas position.